Desafios de UX das Criptomoedas

por Linda Lee, 2017-08-21

O que é e o que não é problema de UX

É comum pensar que bugs são problemas de UX. Suponhamos que exista um bug que faz com que uma aplicação pare de funcionar aleatoriamente. Embora isso seja incrivelmente frustrante para o usuário, não significa que seja um problema de UX (assumindo que você não quer que ela pare de funcionar aleatoriamente, e que a correção é uma mudança no código ou na infraestrutura). Boas práticas de UX significam não frustrar o usuário, mas em última análise esse é um problema técnico.

Um problema está relacionado com experiência do usuário (UX) quando tudo funciona tecnicamente, mas algo ainda está fazendo com que usuários tenham problemas para completar suas tarefas. Exemplos de problemas comuns de UX incluem: formulários arduamente longos que filtram entradas e submetem a informação corretamente, navegar num site não adaptado pra mobile que é difícil de usar num celular, e não dar feedback quando um usuário comete um erro se a solicitação dele não for completada.

  1. As pessoas não percebem os benefícios do uso de criptomoedas.

    As criptomoedas apresentam benefícios variados, tais como serem independentes de alguma nação específica, ser transferível através de fronteiras sem taxas enormes, e propiciando privacidade para as transações. Mas até que as pessoas acreditem que esses benefícios existem, elas não sentirão necessidade de usar criptomoedas. Por outro lado, a volatilidade dos preços das criptomoedas combinado com a tendência humana de aversão a perdas faz com que pessoas desistam antes mesmo de começar.

  2. Criptomoedas são difíceis de usar.

    O uso de criptografia requer esforço extra porque coloca a carga de trabalho no usuário final - o usuário final tem que fazer o download de uma aplicação de carteira antes de poder fazer compras, e receber e enviar ambos exigem trabalho do usuário. Além disso, as interfaces de usuário são apresentadas de forma diferente, e as aplicações variam em que tipo de recursos elas possuem. Os usuários precisam re-aprender como fazer as coisas cada vez que usam uma carteira diferente ou sistema de processamento de pagamento (o que é tão estranho como se alguém tivesse que aprender novamente como usar um cartão de crédito se eles usassem um cartão diferente ou se estivessem tentando pagar em uma loja diferente).

  3. Usar criptomoedas requer conhecimento sobre criptomoedas.

    Usar dinheiro não requer conhecimento de como as contas são cunhadas e circuladas. O cenário ideal seria que os usuários não precisassem saber muito sobre criptomoedas antes de usá-las. Mas, atualmente, os usuários provavelmente devem saber sobre a chave privada de sua carteira, o que é uma blockchain e quanto tempo demora para que as transações sejam confirmadas e quanto deve-se pagar pelas taxas de transação. Como as criptomoedas são descentralizadas e os usuários se tornam efetivamente seu próprio banco, não sei se essa responsabilidade pode ser totalmente removida do usuário.

O que podemos fazer em relação a isso?

  1. Educar os usuários acerca dos benefícios de usar criptomoeda.

    Mostrar às pessoas que as criptomoedas são mais baratas, mais seguras e independentes do estado-nação. Educar usuários sobre as possibilidades de microtransações, sendo seu próprio banco e outras coisas que não são possíveis com dinheiro ou cartões de crédito.

  2. Melhorar a disponibilidade, acessibilidade e as interfaces.

    Nós podemos fazer coisas para tornar as criptomoedas mais fáceis de usar. Isso inclui aumentar o número de comerciantes que as aceitem e aumentar a conscientização de quais comerciantes aceitam, melhorando a infraestrutura existente para que as criptomoedas possam ser usadas apesar das condições da rede e padronizando a IU em várias carteiras e sistemas de pagamento para minimizar o re-processo de aprendizado. Ainda melhor, seria ótimo tornar muito fácil usar criptomoedas fornecendo documentação fiscal.

  3. Educar usuários sobre os conceitos das criptomoedas.

    A boa educação do usuário é a chave. As interações que abrangem todos os termos deixam as pessoas mais confusas. Muitas das nossas metáforas de design estão erradas! Uma carteira não contém moedas porque as moedas estão na rede, e a carteira é mais como um chaveiro - e se você entregar uma chave para alguém, você dá-lhes acesso ao seu dinheiro. Não há moedas em moedas digitais - eles criam entradas no livro-razão com entradas e saídas que são infinitamente divisíveis e recombináveis ​​(coisas que as moedas não fazem).

Notice: Network Upgrade Overwinter will activate at block 347500, to be mined 2018-06-25 12:00 UTC-04:00 assuming 150 seconds/block